Canhão da Nazaré - gerador de ondas gigantes

Um buraco gigante no fundo do mar!

Canhão da Nazaré mar
Canhão da Nazaré com mar transparente - imagem do Instituto Hidográfico

O canhão da Nazaré é um dos maiores canhões submarinos da Europa. São 227Km de extensão e 5000m de profundidade máxima, por entre vertentes íngremes. A sua origem ainda está envolta em mistério, pois encontra-se numa zona geológica complexa. No entanto, considera-se estar relacionada com a falha da Nazaré, uma fratura da crosta onde existem movimentos que podem causar sismos.

A zona envolvente à Nazaré sempre foi uma zona temida pelos antigos pescadores. Contam-se vários naufrágios e até um submarino alemão da 2ª guerra mundial jaz naquelas águas. causa desta área instável está bem no fundo do oceano.

Mesmo em frente à praia da Nazaré, muitas vezes serena e convidativa de um mergulho, existe um gigante adormecido! Não o vamos acordar, ou então seremos castigados com ondas de 30 metros!

Com a sua topografia traiçoeira este gigante vale submarino vai mudar a direção e velocidade das ondas de alto mar que ali chegam. A saída destas ondas do canhão também não é serena.


Como a Natureza fabrica a onda gigante?

Há muito se sabe que algo é diferente na Praia do Norte.Em dias especiais, com a combinação de vários elementos da Natureza, como se de uma conspiração se tratasse, a magia acontece!

A presença do canhão cria condições especiais para a formação de ondas grandes.Ele vai separar a onda em duas, aumentar a velocidade da onda que percorre o canhão e fazê - las reencontrar - se novamente!A corrente que vem da praia, em sentido oposto, também vai acrescentar mais alguns metros.

Para nascer a onda gigante é importante juntar mais alguns ingredientes à receita!Essas condições são relativas ao período da onda(igual ou superior a 14segundos), ao vento (idealmente fraco) e a direcção da onda(idealmente de W / NW).

Outro fator muito importante é a ocorrência de tempestades no Atlântico Norte, no Outono/ Inverno, que trazem uma ondulação considerável até ao canhão.

Com todo este trajeto conturbado, uma “inocente onda” do Atlântico, com destino à Nazaré, pode ver a sua altura triplicar!


Geografia Canhão Nazaré
Geografia do Canhão da Nazaré - imagem de blog Mesozoico


Canhão Nazaré visto de Satélite
Canhão da Nazaré visto de Satélite - imagem de Google Maps


Nazaré North Canyon big wave
O Canhão da Nazaré gera uma onda gigante aproveitada pelo surfista Garret McNamara em 2015 - imagem da galeria da fotos NazareWaves da sessão de surf de 01/11/2015


Para uma análise técnica mais detalhada sobre como são formadas as ondas grandes, consultem esta página do Instituto Hidográfico.
Vejam também os videos seguintes que explicam como se formam as ondas gigantes. O primeiro video é do Instituto Hidográfico e o segundo do SNIMar:

Veja também a Breve História das ondas da Nazaré.